fbpx

O que é um gateway de pagamento?

Gateways de pagamentos são sistemas mediadores entre um cliente, uma empresa vendedora, os bancos e as operadoras de cartões. Eles atuam no momento da liquidação de um pagamento e intermediam a gestão do que precisa ser recebido. Se você costuma fazer compras online, provavelmente já usou os serviços de um gateway

Então, como funciona? Quando você  decide fazer uma compra na internet e fornece os dados do seu cartão para concluir o pagamento, um Gateway pode ficar responsável por verificar a validade desses dados para a autorização da compra. Quando a compra é autorizada, o Gateway também atua na gestão dos recebíveis. Isto é, ele informa à instituição bancária sobre aquele título e, depois, leva a informação de compensação do título para a empresa vendedora.



Mas, quando não há um gateway, como esse processo de pagamento online ocorre? Muitas empresas atribuem a um ou mais colaboradores a gestão de recebíveis. Isso significa que alguém precisa gerar um relatório com todos os títulos a serem pagos e encaminhá-lo para o banco. Depois da compensação, essa pessoa precisa gerar, via instituição bancária, um novo relatório informando a situação desses títulos: se aprovados, negados ou não quitados (no caso de boletos que não foram pagos pelo cliente, por exemplo). E, por fim, se a empresa usa um sistema de gestão, esse funcionário ainda precisará integrar essas informações de pagamento ao sistema. Ufa! Bastante trabalho, não é?



Quais as vantagens de usar um gateway de pagamento?

Agora que você já sabe como um gateway de pagamento funciona, vamos entender que benefícios ele pode gerar para a sua Empresa.

1 – Automatize processos

Com um gateway, todas as etapas de um pagamento deixam de ser responsabilidade de um colaborador e tornam-se automáticas. Os arquivos de remessa e retorno bancário, por exemplo, não precisam mais ser enviados manualmente. O sistema irá executá-las, com o mínimo de intervenção humana.

2 – Reduza custos com a simplificação de processos operacionais

Ainda que a contratação de um gateway tenha custos, graças a ele você reduzirá os processos operacionais da sua equipe financeira. Menos colaboradores terão de gastar tempo e energia para garantir a execução dos processos de pagamento, o que reduz seu custo com pessoal.

3 – Diminua as chances de erro

Quando as etapas de processamento são geridas por mão humana, a chance de que falhas aconteçam é maior: colaboradores da sua Empresa podem errar na hora de baixar um relatório. Além disso, podem executar processos com atraso ou deixar de lado um dado importante para a compensação do pagamento. Com um gateway, essas possibilidades diminuem. 

4 – Tenha mais rapidez no processamento dos dados

Com um gateway, você não precisará esperar o processamento manual dos relatórios bancários, após um final de semana ou feriado. O gateway transporta a informação entre comprador, empresa vendedora e banco quase que instantaneamente. Assim, você tem acesso aos dados atualizados sempre que precisar.

5 – Ganhe em segurança

A maioria dos gateways existentes hoje no mercado criptografa os dados bancários do cliente, o que garante mais segurança na operação. Além disso, por se tratar de um processo automatizado, você reduz a chance de vazamento de dados sensíveis que podem ser causados pela ação humana. 

Quanto custa um gateway de pagamento?

Depois de entender para que serve um gateway e como ele pode melhorar o processo de pagamento online dentro de sua Empresa, talvez você esteja se perguntando “quanto custa um gateway?”. 

A resposta para essa pergunta costuma variar de acordo com o serviço que você escolher. Então, aqui vão alguns pontos a considerar na hora de escolher um gateway de pagamento:

– O gateway tem mensalidade fixa?

Muitos sistemas vendidos no Brasil cobram uma taxa mensal fixa para a execução do serviço. Ela pode ser pós ou pré-paga. Vale verificar se essa mensalidade pode crescer com o passar do tempo e o aumento do número de operações financeiras realizadas pela sua Empresa.

– Quanto o gateway cobra por cada liquidação?

Geralmente, os gateways cobram um valor fixo por cada operação que realizam. Esse valor varia de gateway para gateway, mas fique atento: preços muito abaixo do mercado podem esconder armadilhas.

– Quem assume a responsabilidade pelo pagamento das taxas das operadoras de cartões?

Além da taxa cobrada por cada liquidação, alguns gateways podem colocar na conta da empresa vendedora as taxas cobradas pelas operadoras de cartões. Assim, antes de contratar, verifique com o gateway quem pagará por esse custo. 

Outras taxas podem ser incluídas, por isso, esteja atento no momento da contratação.

Gostou das dicas? Então, nos siga no InstagramLinkedin ou Facebook. Por lá, você fica por dentro das últimas novidades para a gestão do seu Negócio. 

Acompanhe nossas redes sociais

Empresas

CARREIRAS

Rua Francisco Crosseti, 369 – Bairro Nossa Senhora de Lourdes | Santa Maria/RS 

(55)3220-1350